Seguidores

sábado, 15 de janeiro de 2011

Pensamentos


Sim confesso, não sou marido nem amante sendo essa minha condição. Mas já devias saber antes de me chamares solidão. Eu sou humano e quero ser amado, tal e qual qualquer um.

Porque lhe interessa o antes do inicio da relação? No antes você nem estava lá!
Não estrague o agora com o antes que nem era seu.

Gosto de estar longe de mim, principalmente quando estou perto de ti.

Tenho escrito milhares de palavras, mas nunca te consegui escrever

Fico em silêncio quando na verdade te quero falar

Desculpa eu apenas falo porque na verdade te quero escutar

Não fiques desapontada por seres imperfeita, o que aprenderias se não o fosses?

Não faças o caminho em passo acelerado sem deixar nenhuma pegada, faz lentamente e deixa largas pegadas apreciando as cores que o caminho envolve.

Não deixes nada por fazer, mas principalmente não deixes nunca palavras por dizer

Se é do tipo de esconder os sentimentos, nunca saberá se realmente é amado

O trilho é igual para todos, assim como o sol tanto brilha para justos como para injustos, afinal tudo são escolhas.

Cada vez te amo mais, mesmo não o sabendo explicar por palavras
Dizer amo-te é importante, mas sentir amor que tenho por ti é ainda mais
O que vou fazer? Que me interessa a morte! Quero é viver.
Desprezo o eu e muito mais aquele que se torna igual, eu cá serei único


Neste mundo animal já será difícil ser humano mas ser homem ainda esta ao alcance de todos, depois quem sabe se seremos humanos novamente?

Disseste palavras de raiva e perdeste alguém? Assim como tens raiva! Também tens amor, agora pega nele e escreve aquela carta de perdão.

Por favor leva-me esta noite onde possa ouvir o som da melodia.
Hoje entende meu silêncio e não me peças para falar, apenas me abraça. E não temas há dias assim, em que se precisa de um longo, longo abraço.

Detesto pensar, mas reconheço que essa é a única forma de me libertar.

Temos duas mãos, mas o que temos feito com elas?

De que serve ter voz, se só o silêncio sai?

Liberte seu guarda-vestidos das roupas velhas e ridículas que já nem lhe servem, e depois faça o mesmo com sua alma.

O poder nada é comparando com a humildade.

Tenho sido eu e apenas mais alguns não por egoísmo apenas porque não conheço mais.
Fico espantado com a criação de Deus! Ao ver que cada linha foi escrita com amor.
Queria ter a certeza mas como não me é possível, mantenho a esperança.

Há um lugar para si neste mundo, não queira também o dos outros.

2 comentários:

SolBarreto disse...

Lindo Poeta!
Acredito que de todos que li esse foi o que mais me emocionou!

MariAne disse...

Perfeita imperfeição