Seguidores

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Nota: Apenas escrevo poemas, sentindo a emoção em cada palavra, sentindo várias dores que por vezes não são minhas mas as encarno como real, por vezes encarno com toda a alma que as choro como se fossem minhas mesmo não sendo.
Amor é o meu desejo para todos, amor como oferta amor como fio condutor da vida.

3 comentários:

anita sereno disse...

quem consegue acarretar com os sentimentos alheios
e ajudar os que sofrem
são pessoas que amam que sentem o que os outros sentem e para sentires tudo isso tens de certeza um grande coração
obrigada pelo seu amor para todos nos e que o amor gire sempre a sua volta fique bem

Fernanda disse...

Eu sei o que e' isso. eu tambem tenho coisas escritas, sentindo a dor dos outros, mas tenho a consciencia que isso nos obriga a viver tristezas
que nao temos necessidade, ma tambem sei que e' impossivel, porque issso esta' involuntariamente dentro de nos.

SolBarreto disse...

Um grande poeta consegue captar as dores alheias e passa-las ao papel como se fossem suas...e isso não o torna menos, ao contrario o engrandece por poder captar aquilo que muitas vezes passa desapercebido aos demais...
Entao considero sim você um grande poeta!