Seguidores

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Cresce em amor.... E amor será





Tantas incertezas
Tantas palavras por cumprir
Tantos medos
Tantos abraços por sentir

As verdades que ficam por descobrir
Saltos por dar
O amor que se guarda
Sem nunca o dar

O que somos afinal?
Um final sem princípio
Um rio que não flui
Que não conhece sua margem

Uma primavera de inverno
Entre sorrisos
Falsos
Que não quer crescer
Tudo são voltas e mais voltas
Em um labirinto
Construído por nos
No caminho que ninguém quer caminhar

Tudo são vozes caladas
Que apenas se soltam
Ao seu prazer
Dizendo nada
Trazendo a palavra amargurada

Mar sem sal
Onde o sol não conhece seu destino
Eu serei apenas
Aquele doce olhar
Eu me calarei
Para te ouvir falar
Eu serei a onda do mar
Quando mais ninguém te encontrar

Eu tenho vida
E tu que tens?
A dor de quem
Não quer sentir amor

O sozinho de quem não quer sonhar
Deixa entrar quem quer entrar
Ou entra também
Não perdures parado
Compõe o sonho
Na mais bela melodia
Mas cresce em amor
E não serás dor
Cresce em amor
E amor será






2 comentários:

Mina disse...

Espalha o amor e amor colherás, nao tenhas medo de viver entrega te a vida, desilusões? traições? tristezas choros? sim são necessários para podermos ser felizes sem eles não conhecerias o verdadeiro sabor da felicidade. kiss

MariAne disse...

Das incertezas tantas
palavras tontas viajando no infinito do ser
Dos medos as verdades, batalha a ser travada em eternidade
Aquece no abraço, aconchego, enlaço
Apetece o sorriso, risos
Envolve no falar, terno olhar
Que pacientemente embala o amadurecer
O mar, o sol, a lua as estrelas
todos testemunhas do que se faz nascer... e entao um dia será!
Estou aprendendo a sonhar, andar de olhos fechados e ouvir o guiar dos passaros...

Marujo da palavras, navegas pelos mares dos sentimentos tão singelamente que chego a sentir aqui o cheiro do Porto...