Seguidores

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Por que não é vergonha quando um coração quer amar



Por cada abraço que te dei
Em cada tempo que te amei
Que me ancorei em teus cabelos
Escutando teus apelos

Eu bem sei, como te amei
Como te amo
Como te quero amar
Amando hoje amando amanha
Lembro o tempo de tua chegada
De forma simples e sincera
Cheia de incertezas
De sorriso matreiro
Madura, segura
Sem maldade ou aventura
Quanta loucura em meu olhar

De cada vez que me procuro
E Só em ti me encontro
No teu desejo
No teu corpo
Que me decidiu amar
Na escolha que assim se fez
Na verdade da paixão
Que se tornou amor
Em cada encontro
Que o momento
Me cede para te amar
Não tendo eu palavras para te descrever
Reconheço a felicidade de ter a meu lado
E contigo subirei cada montanha da vida
De mão dada
Seguindo cada caminhada
Cada brisa do teu olhar
Por que não é vergonha quando um coração quer amar
Não é favor dizer quando amor transforma um coração
E tu ficas porque já me chamaste
E tu ficas porque me honraste
E eu fico por quem em amor já me chamou





4 comentários:

MariAne disse...

Lindo, encantador...

Vanessa disse...

Gostei bastante do teu Blog :)
Visita o meu e deixa o teu comentário!
Beijinho Filipe

* verinha * disse...

Passando para matar a saudade deste seu cantinho lindo [:)]

Uma beijoquinha em seu coração..
*verinha*

Cria disse...

És poeta, e dos bons, não me canso de repetir !!!